25 de nov de 2010

Como Fazer um Filme de Zumbi a la Romero - Tutorial

1. Romero-style. Indroduza os zumbis na trama de forma abrupta e sem dar explicação alguma. A frase "Os mortos estão voltando" dita em tom bem sério, bem olho no olho, já é explicação suficiente. Emende isso com uma cena de ação/fuga bem vibrante para ajudar os expectadores a não pensar mais no assunto (a não ser, é claro, depois de encerrado o filme, em rodinhas com os amigos e posts como esse).  

Dica: se necessário, mate o personagem que começar a tentar explicar muita coisa - isso vai ensinar à platéia que é melhor ficar de bico fechado - pelo menos durante o filme.

2. A Barricada. Reúna os seus personagens principais em um ambiente que possa ser defendido. Isto é importante: mostre-os dispendendo algum tempo barricando o lugar ou executando tarefas equivalentes - reunindo armas, procurando mantimentos, checando as entradas e saídas, etc. Isto vai ajudar o seu público a sedimentar na cabeça que aquele ali é um espaço de Ordem, em contraposição ao Caos que virou o mundo lá fora.

3. Botando Ordem na casa. Mostre os  personagens se organizando internamente: quem vai liderar, quais os planos que eles têm, "quem vai ficar de vigia no primeiro turno" e assim por diante. Isto reforçará a idéia de que aquele ambiente representa um Microcosmo fechado (ou quase fechado). Enquanto isso, lá fora, o número de zumbis só cresce.

Dica: comece a soltar aqui e ali uma ou outra deixa dos conflitos existentes entre os personagens e das motivações por detrás deles: quem vai liderar (tem sempre um ressentido), "quem vai ficar de vigia" (ninguém em sã consciência quer ficar) e, o mais importante, quem fica com a única espingarda carregada na casa. Este é um bom momento também para indicar para o expectador o personagem que foi secretamente mordido por um zumbi (se existir um no seu filme) e/ou o personagem traíra (que vai dar a volta no grupo).

4. Pré-ruptura. Escalone o conflito entre os personagens. Introduza, se possível, um limitador de tempo e/ou recursos. Os  zumbis lá fora parecem chegar de caminhão.

5. Ruptura. A desorganização interna (os conflitos) aliada à desorganização externa (o número crescente de zumbis) leva, eventualmente, ao colapso do sistema. Os conflitos interpessoais que até ali estiveram mais ou menos contidos explodem de vez e os zumbis penetram no abrigo. Se houver um personagem que tiver sido mordido por um zumbi em uma etapa anterior, possivelmente é este o momento em que ele vai se transformar. Não vou te enganar não: quase a metade dos seus personagens vai morrer nesta fase.

6. Fuga. Os personagens abandonam o seu refúgio - agora tomado pelos zumbis - em direção a um espaço considerado "seguro" - geralmente, este novo espaço já havia sido mencionado na fase 3. Boa parte do restante dos personagens morre nesta fase.

7. Final. Esquece isso de Final Feliz: num final típico a la Romero as coisas não se resolvem e o mundo não volta ao que era antes, muito menos os personagens (se sobrou algum!). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...